Monday, June 21, 2010

"How I met your mother" e a bagagem

Ontem no episódio que vi da série "How I met your mother", falavam de bagagem, que é como quem diz da nossa bagagem pessoal e intransmissível, ou seja o nosso passado, as nossas experiências.
Toda a gente tem a sua, uns mais, outros menos, uns com mais peso, outros nem por isso, mas nós, gente crescida, temos sempre. Quem entra na nossa vida tem que aceitar esse facto, como parte integrante de nós, aquilo que fez com que nós fossemos o que somos neste momento. Há quem não goste de saber, ou sequer imaginar que a pessoa com quem está, teve toda uma vida antes dele, o que faz com que veja a outra pessoa, fora da realidade...
Bem, mas não era sobre essas pessoas que eu queria aqui escrever, hoje quero escrever sobre o que "aprendi" (e está entre aspas porque não foi bem aprender, foi absorver) com o episódio de ontem, que foi, nós não precisamos de uma pessoa sem bagagem, porque nós também a temos, precisamos, isso sim, de uma pessoa que nos ajude a transportar a nossa e vice-versa. E é isso que eu quero também!

3 comments:

Suspiro said...

Também vi esse episódio e o que eu achei mais giro foi o Ted primeiro estar a repensar se quereria alguem com "essa" bagagem quando depois acabou por perceber que ele próprio tinha uma grande bagagem com ele! ;) beijocas

Poetic GIRL said...

É e a bagagem por vezes pesa demais, apetece mesmo avançar sem ela, mas é impossível. bjs

Viviane said...

O que eramos nós sem bagagem? Monotonia!!!:) ( É a nossa história que nos enriquece e nos faz crescer)