Friday, October 20, 2006

Circo das vaidades ou mesmo "Freak Show"

Este fim-de-semana foi o fim-de-semana de mais uma edição da Moda Lisboa. Lá tive direito a alguns convites que me permitiram ir ver em 1ª mão algumas das criações dos estilistas mais conceituados da nossa praça, coisa que me deixa muito satisfeita como verdadeira interessada e amante de moda que sou.
Mas como acontece em todas as edições saí de lá a dizer que só lá volto com "free pass", sim free pass, não preciso de passe vip porque não vou lá para beber champanhe, nem para ir mostrar nada a ninguém, vou lá para me maravilhar e aprender, também.

Lá dentro vê-se de um tudo, tanto pessoas como eu, que se interessam pelo assunto, pessoas que se interessam e podem comprar, pessoas que são clientes porque têm dinheiro e "é bem", mesmo que não corra naquelas veias uma pinga de bom gosto, pessoas cujo objectivo é serem vistas naquele meio, mas olhando para elas...MEDO!... (este "medo" é coisa para todo um novo post).
Nisto tudo o que me irrita é saber que para nós, "comuns mortais" amantes de moda, arranjar convites é um bocadinho complicado; até porque de edição para edição, parece que fazem questão de encolher o espaço e fazer com que cada vez saiam menos convites à rua; e depois quando lá estamos vêmos criancinhas a correr de um lado para o outro com passes vip pendurados ao pescoço e quando não são criancinhas que correm, são criancinhas das outras, uma data de "aborrescentes" também muito bem artilhados e que de tudo o que vêem, pelo que aparentam, não retiram nada! O que é certo é que lá estão porque a mãe, o pai, o tio, o primo, ou qualquer outro membro da família, não quer saber daquilo para nada e assim que, por via de trabalho ou de conhecimentos, tem um passezinho, entrega na mão estendida mais próxima (coisa de se esperar claro, mas à partida se não quer ir não tem que ter passe!) :oS

Desta vez que podia ter assistido a quase todos os desfiles, sábado cheguei, vi um e vim-me embora, domingo nem me apeteceu ir, não gostei nada do ambiente, consegui imaginar ali um freak show em toda a ascenção da expressão, até a música típica estava capaz de ouvir...


Hei-de postar um texto sobre o "MEDO", mas ainda ando a trabalhar nele a ver se não fere susceptibilidades. ;o)

2 comments:

Niki said...

espero com ansiedade o "medo"!!!!

:))))

beijinho

Mári len said...

é n é? eu nem fui...já n tenho paciencia!para alguma coisa ha-de servir a existencia de uma vogue portugal:),para alem de toda a gossip vazia que tras!e esse medo n tem um que meio surdo antes?um qmedo qd somos obrigadas a observar algo de terrivel mau gosto?
hihihi!bom dia!