Thursday, September 11, 2008

Nine/Eleven

Hoje no telejornal estavam a fazer um inquérito na rua onde perguntavam se se lembravam do que estavam a fazer na altura do atentado às torres, porque em princípio toda a gente se lembrava...
E é verdade, olhando para trás, sei tim-tim por tim-tim, onde estava, com quem estava, o que estava a fazer e onde vi as torres ruir.
Estávamos (nós "vitrineiros"), a desenhar montras no C. C. Colombo, com os "sinhores siguranças" atrás de nós, as usual, quando ao passar pela loja da Singer, vimos aquele cenário Dantesco do avião embater contra a 1ª torre, coisa tirada de filmes de Hollywood. Os olhares incrédulos de todo o transeunde que se juntava ao já grande amontoado de gente em frente aos televisores.
O mundo parou para tentar perceber o que se estava a acontecer, e assim como parou o "mundo", os aeroportos fecharam durante uma semana, para nosso ("vitrineiros") stress, que dia 17 tinhamos viagem marcada para Roma...

Muitas recordações dessa altura, pode parecer um bocadinho egoísta, mas as recordações não são más, apesar da tragédia dos americanos.

6 comments:

Sandra Ramos Claro said...

eu estava na faculdade qdo vi na tv, em directo, o embate do 2º aviao... e daí segui p algarve e fui o caminho todo a ouvir radio p saber o q se tinha passado.
lembro-me de ter ficado la 1 semana e a tv so passava as imagens do atentado repetidamente.
nunca me vou esquecer...

fuschia said...

Aah eu também me lembro onde estava no 11 de Setembro!Fomos de manhãzinha para o Colombo, mal aquilo abriu.Lembro- me ainda de algumas parvoices com a Ana Lidia,para nao variar levámos a manhã toda na macacada. Fui trocar dinheiro à Nova Rede, para levar para Roma.Quando vi as imagens na tv pensei que fosse um filme, ou um spot publicitario, parecia-me uma coisa tão surreal, nem me passou pela cabeça que fosse real. Só quando chegamos ao Cecoa, começamos a receber telefonemas de familia a perguntarem como iamos fazer, porque estavam a fechar os aeroportos e nós iamos em menos de uma semana para Roma..E depois levámos a tarde toda a ouvir rádio, a tentar perceber o que se tinha passado, e a absorver tudo..como toda a gente..

Feitiozinho said...

Pois eu sei bem onde estava... estava a fazer as malas enquanto ia vendo tv. Confesso que a minha primeira reacção foi "ora aí está mais um filme estúpido americano em que os tipos destroem tudo" mas depois vi em directo a segunda torre.

No aeroporto toda a gente estava com ar de pânico e sempre que passava um desgraçado com um ar mais estranho toda a gente olhava de lado, inclusive a policia armada, acho que nunca tinha estado numa situação assim.

A verdade é que quando fiz o check-in a mocita que lá estava perguntou se eu tinha a certeza se queria voar naquele dia, que poderia apanhar um outro avião.

Basicamente após 3 horas de atraso fiz a viagem de 10 horas com o avião cheio e em que a unica pessoa que estava acordada era eu...

Viva as drogas que esta gente toma em altura de crise...

Shelyak said...

Relembro como se fosse hoje, sim... siderado, no meu caso, que fiquei!
Beijinhoooooo

Helluah said...

eu estava a acordar de uma noite de bubedeira descomunal, demorei prai meia hora para perceber o que estava a dar em todas as tvs!!

_+*A Elite in Paris*+_ said...

Eu morava em Angola quando aconteceu. Mas ja vi coisas piores na vida entao nao foi o 9/11 que mudou a minha vida.

Beijo meu ♥,

A Elite