Thursday, October 30, 2008

A felicidade engorda...

Agora percebo a conversa habitual de quem "casa", engorda. Nunca achei que pudesse acontecer comigo, que sempre fui raínha nos meus 45 quilinhos, mas é verdade, eu estou gorda! (eu sei, quem me conhece está neste momento a rir a bandeiras despregadas, mas quando eu digo gorda, é, comparativamente ao que era!)

Mas voltando à conversa, parece que é verdade, a felicidade engorda, o que me faz crer que a grande maioria das calorias que perdia antigamente, com, segundo a nutricionista, o meu metabolismo acelerado que trabalhava até quando eu estava a dormir, era devido ao funcionamento da parte emocional do cérebro, 24/7, sempre a gastar.

Agora, com a vida calma como o mar que vejo daqui, não há metabolismo que consiga trabalhar assim tanto.

Por muito que valha a pena, mais uns quilos em troca de paz, não faço intenção de ficar com eles e por isso, a ida ao ginásio faz parte da minha rotina diária. Agora vamos lá ver quanto tempo me leva a voltar à forma habitual...

4 comments:

Miss Kitty said...

Isso também me aconteceu.. Era ouvir sp os outros dizer "Como é que comes de tudo e n engordas?". Mas o que era bom acabou-se! Não estou gorda mas comparando com os meus quarenta e tal kilinhos, sinto-me gorda... e mais, uma data de roupa que deixou de me servir.. Enfim...Acho q afinal a minha instabilidade emocional até n era má de todo ;)

BJS*

src said...

imagino...
deves estar uma baleia!!
agora pesas qto??? 46??
lolol
beijos garota

bonifaceo said...

Eh eh!
É pá... conversa de mulheres, e eu a rever-me um pouco na situação. Quer se dizer, essa história de queimar calorias mesmo a dormir... Subi de 67 para 70, notou-se um pouco na barriga, mas não houve qualquer alteração na minha vida emocional, continuo o mesmo "solitário".

fuschia said...

Bem ja tivemos algumas vezes esta conversa: Não estás gorda,estás mais gorda. E isso é dos ares aí da Madeira, experimenta voltar aqui po trânsito da IC19 a ver se não comecas logo a emagrecer:P