Friday, April 02, 2010

Caramba pá!*

Quando os muros que encontro são tão altos e tão incontornáveis, e quando dos lados estão fossos tão fundos e com água tão turva que revolve as entranhas, o que fazer?

Respirar apenas e esperar que o sol se lembre que eu também preciso de luz...


*desculpem, eu sei que já chateia um bocado este tipo de posts, mas se não desabafo aqui, vai ser onde?! Não gosto nada da conversa da coitadinha e de estar sempre em baixo, é chato. Até para mim, que estou assim, enjoa.

4 comments:

Nuno Guronsan said...

Um escadote bem alto para ultrapassar esses muros cinzentos e um bom equipamento de mergulho para nadar sem problemas nessas águas tão turvas... :)

Haja desabafos para limpar a aula!

Beijos grandes.

lampâda mervelha said...

Talvez se tenha de parar um pouco e encontrar a solução.

Tudo o que se possa dizer, de nada serve.

Beijo

Viviane said...

It will pass. Beijinho

Poetic GIRL said...

Vais arranjar forma de contornar esses muros, arranjamos sempre. bjs