Tuesday, July 06, 2010

Quem sabe?

Se os amores de Verão se enterram na areia, onde se enterram os amores de Inverno?

15 comments:

src said...

na neve!

Trequita said...

na lama!?
ou talvez não se enterrem... ibernam ;)

Trequita said...

upsss! faltou-me o "h"

lampâda mervelha said...

Nas folhas?

Miss Kin said...

Bom era poder afogá-lo no mar...

aespumadosdias said...

Na neve não pois quando acabar o frio ressuscitam ou aparecem como fantasmas.

lampâda mervelha said...

Hmmmmmmmm...

Incinerar, não?

jg said...

Os amores de Inverno, não se enterram. Congelam-se.
Na Arca da Aliança!

Miss Kin said...

Ui jg, o que é a Arca da Aliança?!

(eu e a minha imaginação fértil, já lhe dei um sentido, que por um lado é bom, mas por outro não, de qualquer forma, quero saber o que está na tua cabeça)

aespumadosdias, esse é o problema, da última vez pelos vistos foi o que fiz!

Lampâda Mervelha, se soubesse como é que isso se faz, ia já a correr!

jg said...

Pois o facto de ter remetido o imbróglio para a Arca da Aliança foi exactamente para bipolarizar a questão.
Vai à imaginação de cada um.
Tú, como uma menina com juízo, que certamente és, viste a parte romântica da equação.
E bem. E bem!!

Paloma said...

não há amores como os de verão!

Miss Kin said...

Olha jg, isto de ser uma menina com juízo, daquelas que vêem as partes românticas das coisas, só me tem trazido dissabores...

Paloma, a questão é mesmo, os de Inverno, não os de Verão.

jg said...

Acredito que sim, acredito que sim...
Mas, cruelmente, a opção certa é sempre a mais dolorosa.
Em tudo na vida!!

Miss Kin said...

Sabes o que eu te digo sobre isto jg? Caca!
Caca para todas estas coisas que para sararem, têm que doer tanto!

XR said...

Os de Inverno são levados pelo vento e pela chuva...
Só que, dado o ciclo da água, arriscamo-nos a levar com algum respingo tempos depois :p