Tuesday, January 09, 2007

Eu mereço?!

Dei-me conta que ainda há quem tente dar a volta à questão, quando se trata de ter a consciência pesada, senão vejamos.

Quem é que no seu juízo perfeito anda de volta de uma ex-namorada, em que as coisas não acabaram muito bem, a mandar mensagens a perguntar se está tudo bem?
Para mim isto é consciência pesada, aquela situação do, "vamos lá ser muito amiguinhos, vou-me mostrar muito solícito e dizer que estou feliz por tu estares bem"... E realmente está, se se quiser acreditar quando recebe a resposta, igual para qualquer situação e qualquer pessoa, "Está tudo bem".

Duhhhhh!!! É claro que não está tudo bem, magoaste-me, logo não vou voltar a ser tua amiguinha tão cedo!

Agora a sério, eu mereço?!

9 comments:

anacoreta said...

Independentemente de como e porquê a relação terminou, ele pode ainda querer ter-te como amiga. Teoricamente uma relação amorosa consiste numa amizade com paixão. Se falha a paixão devia ficar a amizade. E sim, até pode ser peso na consciência. Nunca fizeste sofrer um amigo? E não ficaste com um peso na consciência?
Mas estou apenas a mostrar-te outro ponto de vista. Na verdade concordo plenamente contigo. É precisa muita distância para se deixar de gostar de alguém. E mesmo depois disso acontecer as coisas nunca mais voltam a ser o mesmo...

doceKin said...

Nisto acho q nós mulheres temos mais senso comum, se estamos numa situação assim, afastamo-nos tempo suficiente para poderem sarar feridas... É claro q há homens e homens, eles os há assim, como este q falo, mas tb os há daquela espécie q pura e simplesmente ñ tem consciência lol

anacoreta said...

Tendo em conta os nossos posts, acho que podemos facilmente concluir que não podemos catalogar as pessoas como "homens" ou "mulheres"... há desse tipo de pessoas em ambos os sexos. Trust me on this one...
bjs

L.B. said...

Vi um programa sobre o tema da consciencia humana que falou-se no seguinte:

" atingir o espirito santo é o quando o homem conseguir se perdoar a ele próprio de um sentimento tão forte que lhe permitirá sarar um ferida enorme de dor e continuar a viver em harmonia e em sociedade com esse mesmo homem que lhe fez mal"

a explicação foi fenomenal e deixou-me a pensar, é preciso ser muito evoluido para que isso aconteça.

a explicação foi a de um homem que acolheu e conviveu na sua casa com o criminoso que lhe tinha assassinado a sua mulher.

podemos perdoar, mas depois se verá se será um companheiro de viagem ou simplesmente um marco no nosso caminho

anacoreta said...

Epah, ele tinha de agradecer ao assassino de alguma forma! Acolhê-lo em casa era o mínimo que podia fazer! (Desculpem... tinha de mandar esta piada!:P)
Agora a sério. Isso é a típica atitude cristã de "quando te derem uma chapada oferece a outra face". Ainda que veja algo de positivo nessa atitude deve haver algum cuidado e analisar cada caso antes de a tomar. Usando o teu exemplo, o facto de acolheres o assassino em tua casa não quer dizer que ele não te mate também!
Just my 2 cents... =)

L.B. said...

obrigado pela piada :))), foi no momento certo para me rir quando li o texto.

he he

Bom fim de semana

pipoca said...

Tu mereces sim senhor, isso e um xuto nessa peida flácida.
Já tu ó anacoreta, faz algo que rime com esse lindo nome, vai bater uma punheta

doceKin said...

Olha q bonito comentário! Isto foi de quem tem pouco o q dizer que preste com certeza.

Um xuto para ti tb Pipoquinha! lol

apipocamaisdoce said...

Docekin,não fui eu, a verdadeira Pipoca Mais Doce, que deixou aquele comentário idiota. Quem não tem tomatinhos para dar a cara usa o nick dos outros, que é tão mais fácil.