Tuesday, May 20, 2008

Acordo ortográfico

Já foi aprovado o novo acordo ortografico da lingua Portuguesa... Ou devo dizer Brasileira?

Já ouvi uma desculpa muito fraquinha para a passagem de certas palavras para a maneira de escrever dos brasileiros, "eles são mais".

Ok, eles são, sem dúvida, mais, mas quase todos os países de lingua portuguesa têm mais gente do que nós, Portugal. Mas por alguma coisa a língua se chama Português, porque é a nossa língua!

Agora vêm alguns quantos "especialistas" dizer que é melhor escrever ação em vez de acção, ou fato em vez de facto. Se é para fazer um acordo ortográfico, devia ser baseado no que é falar e escrever bem português, não passar a "abrasileirar" a língua de Camões e Fernando Pessoa. Eles devem estar a dar voltas nos túmulos!!!

Sim, fico irritada só de pensar no tanto que levei eu na cabeça para aprender a falar e a escrever bem português, tanto que eu ouvi o "Olha os erros!", para agora parecer que volto ao ínício!

Realmente já pouca gente sabe, ou mesmo, se interessa, em saber escrever e falar Português correctamente (ou será que é corretamente?), para vir alguém agora dizer que tudo o que nós damos por correcto, deixou de ser.

Vamos tentar esta frase: "De fato ele levou um fato hoje"



Ahhhhhhhh! Não pode ser! Facto facto facto facto!!!!

Pronto vou descansar a minha bipolaridade!

2 comments:

bonifaceo said...

Não digas nada porque ainda por cima ouvi dizer que os principais partidos iam votar a favor e o PCP se ia abster. Eu não percebo, e tanta gente contra e só mostram os cromos letrados que são a favor e vêm lá com teorias do raio que os parta e os outros não interessam.

"Connect1on" said...

excelente post!
fartei-me de ir com algumas frases tuas!
vamos de mal a pior...isto não tem jeito absolutamente nenhum! fico depressiva so pensar o que vão fazer a nosso língua Portuguesa!
esse motivo de abrasilieirar a nossa língua por eles serem mais...não tinha ainda ouvido essa mas registo já que ache brilhante! quer dizer, eles é que n falam correctamente esta mui nobre língua e nos é que temos de nos adaptar as esquisitices deles! eu nao acho isto normal!