Thursday, October 22, 2009

Vento e chuva!

A tempestade que está lá fora é muito semelhante da que vai na minha cabeça...

Eu que já de mim não gosto de estar sozinha, nem de dormir sozinha em casa, com este barulho do vento e da chuva, piora um pouco!

12 comments:

suspiro de baunilha said...

Um dia o sol irá brilhar... ;) Fora e dentro da tua cabeça... ;) acredita! beijocas

Paulo Lontro said...

todas as tempestades passam quando voamos acima das nuvens, lá o sol brilha sempre. a tempestade em ti pode apenas querer dizer que estás a voar baixinho...

;)

Miss Kin said...

Paulo Lontro, deve ser isso... Devo andar a precisar de aulas de voo!

Paulo Lontro said...

E porque não Kin, e porque não?

Eu não te conheço Kin mas acredita, eu não tenho tempestades na cabeça…

Se quiseres que não volte ao chá dos teus “Eus”, baste dizeres!

;)

Miss Kin said...

Porque não havia de não querer que voltes?! Realmente a escrita fica com o sentido a meio, mesmo com pontuação...
Eu queria mesmo conseguir aprender a voar mais alto, que isto por aqui está muito feio.

bonifaceo said...

Ai! Tanto queixume... :S
Até arranjaste emprego. Ou não está a correr bem?

Quanto à tempestade, em Viseu, foi do pior e não me deixou dormir em condições.

Miss Kin said...

Bonifaceo os queixumes começam quando a nossa vida, como a conhecemos cai por terra e deixamos de ter o que achamos ser garantido...
E do trabalho nem falo!

fd said...

As tempestades têm a sua beleza e também podem ser o destino para canalizares a raiva que tens/sentistes.

Até as tempestades interiores produzem resultados e permitirem-te crescer.

E tens ainda um cardápio de provérbios populares para ser servir a gosto: "Depois da tempestade vem a bonança" e outros do género.

Gosto do teu blog e da frase “Um espaço onde todos os meus "eus" se encontram para tomar chá”.

Miss Kin said...

fd, todos os dias penso em provérbios, uns melhores outros piores, como o "quem espera sempre alcança",logo a seguir aparece o "quem espera desespera"...
Eu espero realmente que todos os meus eus se consigam superar e esta cabeça possa descansar.

fd said...

A referência à sabedoria popular foi feita com alguma ironia (mas a tentar transmitir alento) pois há sempre para todos os gostos, claramente contraditórios, tipo "mais 1 pássaro na mão do que 2 a voar" vs "quem não arrisca não petisca".

A alimentarem-se apenas de provérbios, os teus eus (uma expressão interessante) e respectivos objectivos não se vão pôr de acordo e enquanto se debatem não dão paz ao conjunto.

Há caminhos difíceis que têm de ser feitos e depois, expiados possíveis "pecados", diluídas algumas memórias ou nem que seja por chegarem todos (os teus eus) à conclusão que já chega e mereces mais (e mereces), já poderás apreciar a beleza das tempestades lá fora e dormires ao som delas.

Miss Kin said...

Literalmente de lágrima no canto do olho, só tenho que te agradecer pelas palavras.

Obrigada.

fd said...

;)