Monday, February 09, 2009

Amigos

(Ah mas "estão" verdes...)




A Fuschia aceitou o meu desafio e eu agora tive necessidade de salientar esta parte especificamente, porque acho que é sem dúvida algo que me preocupa, isto porque tenho algumas dúvidas sobre certas pessoas. Estou numa fase em que sou extremamente cuidadosa em quem confio as minhas alegrias, até mais do que as minhas "desgraças", isto porque me parece que cada vez mais (ou então sou eu que estou a aperceber-me só agora) que as pessoas não ficam contentes com as vitórias alheias, pode até nem ser por mal, pode ser só porque nos momentos maus têm como saciar a fome de se sentirem necessários.

Para pessoas assim apoiar os amigos e até aqueles que não o são, é quase uma missão de vida, algo que acham que nasceram para fazer e que ao fim ao cabo não é um acto assim tão desprovido de interesse, o interesse é mesmo esse, sentirem-se no controlo da situação, sempre vistos como os bons samaritanos... Não tenho mais palavras para esse sentimento, é mesmo a necessidade de se sentirem necessários (passo a redundância).


Depois há concerteza aquelas que ficam maldispostas com a prespectiva de alguém poder estar num sítio melhor do que elas e por isso é sempre bom quando não estão, consolam-nos na mesma, e nessa altura sentem realmente o que estão a dizer, que querem o melhor para nós e que as coisas vão melhorar, mas depois quando melhoram mesmo, algo clicka dentro delas e aparece aquele diabinho em cima do ombro que faz com que não consigam estar verdadeiramente contentes por nós...


Go figure!

4 comments:

src said...

sei tão bem o que isso é...

f. said...

A natureza humana é mesmo assim e não há salvador que a modifique.

Mári len said...

olha pa a proposito e nossa c~umbersa outrodia!e mm isso!e olha que merda agora tenho que escrever um post bem mais giro que este para mostrar o meu posto de vista!!!!LOLOLOLOLOL

Gabriela Coutinho said...

Poxa, ainda bem eu nunca passei por isso, eu "sinto" as pessoas saca, e eu não vou dizendo tudo logo de cara e também acredito que eu atraio o que sou e ainda bem, nunca tive uma amizade falsa.
Beijos.
Passa no meu blog depois tá =D