Friday, February 06, 2009

Critérios...


Ontem ouvi uma notícia no telejornal que me fez pensar mais uma vez no que é que passa pela cabeça dos legisladores quando fazem determinadas leis.

A história era, uma bebé foi entregue pela mãe ao sistema porque não tinha como cuidar dela, o sistema entregou-a a uma família de acolhimento durante 3 anos, que agora a queria adoptar. Problema, segundo a lei, a família de acolhimento não pode adoptar as crianças que acolhe.


Nem sei como classificar esta lei!


Com que então uma família que serviu para dar casa e amor a uma criança, não serve para vir a ser realmente a família dessa criança?! Na reportagem ainda veio alguém dizer que "os critérios de avaliação para a adopção são diferentes das para o acolhimento". Ou seja, para família de acolhimento os padrões são mais baixos, é como um trabalho, tem-se a criança em casa, recebe-se dinheiro por isso, mantém-se a criança limpa, hidratada e nutrida e é o que chega? Isso chega para se ter uma criança durante todo o início de vida, mas não chega quando há amor e interesse de que essa criança seja mais do que um trabalho?!

Só o facto de alguém querer adoptar uma criança que em princípio já tem em casa até ver e ainda lhe dá um rendimento, já por si é um motivo para lhes dar a prioridade na adopção!

Num mundo onde não faltam crianças com falta de uma família e de amor, há quem se dê ao luxo de não permitir que se faça mais uma criança feliz!

(isto para não falar da quantidade de tempo que demora a adopção, tempo esse sempre precioso por ser irreversível e as crianças crescem muito depressa)

2 comments:

fuschia said...

Para mim o ridiculo é que, pela lei uma criança só pode ficar 3 meses com a familia de acolhimento.Depois disso a Segurança Social tem de a ir buscar. Só que não vai. Porquê? Porque aquilo é uma merda, e pura e simplesmente nada funciona ali.Resultado.Passado 3 anos, alguém olhou para o ficheiro daquela criança e pensou: Ai ai ai ai, marota da família de acolhimento que tem lá a criança há muito tempo!Vamos lá buscar, armar um escabeche com policia e tudo, não vamos dar o mês que está na lei para as pessoas se despedirem, não não não, vamos lá já e fazer justiça! E agora?A criança vai parar a um orfanato, ora MUITO MELHOR!!! Não era pegar neles todos, pô-los à beira de um penhasco, e atirá-los lá para baixo?

bonifaceo said...

Isto realmente, e então depois de todas estas informações que a fuschia deu... que incompetência e falta de bom-senso e sei lá mais o quê!